segunda-feira, março 30

O aparelho de captação de ondas eletromagnéticas produz algo de útil?

*pensativo*
Desde que decidiu colocar pagode e KLB na programação, a MTV nunca mais foi a mesma. Mas, de tempos em tempos, sabe que ela acerta algumas? Não que eu me considere um total adepto da televisão (vide título, dã) mas ultimamente Furo MTV tem arrancado boas gargalhadas do singelo ser que lhes fala.

Não há como negar, claro, que o pessoal da MTV anda assistindo muita TV cabo, já que o "jornal" foi claramente inspirado no principal quadro do Saturday Night Live, mas e daí? Nem por isso deixa de ser bom. Aliás, é ótimo! Segundo a programação, é "o fim da chatice nos telejornais''. Então, nada melhor do que conteúdo inteligente com uma pitada de humor. Isso tudo sem contar com a dupla de apresentadores: Dani Calabresa divona, né? Com uma passada pelo Pânico na TV! e pelo -exagerado- Quinta Categoria do Marcos Mion, Calabresa entra de pé direito nessa fórmula do programa, falando alto e gesticulando muito seria par ideal do impagável Christian Pior. (:
Pena do pobre Beto Ribeiro. Sem entrosamento ou ritmo algum, os únicos comentários do apresentador fazem-nos rir de pena. Tipo assim, ele "estourou"(?) na mídia como? Com um personagenzinho infame no fim da novela das oito! Devo ter lido que ele é filho de alguém famoso e coisa e tal, mas o que ele tá fazendo na MTV?! Me dá peninha ver as -boas- tiradas dos roteiristas sendo representadas miseravelmente pelo temperamento sem-graça de Bento Ribeiro.

E agora, senhoras e senhores, o prêmio lixo televisivo vai para: Gordoshop! *palmas*
Até quando João Gordo vai continuar na MTV? A resposta é fácil: enquanto não tiver outra perspectiva financeira. Ou seja, para sempre. u__u
Coitado do meu estômago. Carregado de gritos insanos e um câmera que certamente tem labirintite, o programa de quinze minutos -Aleluia! Quem dera fossem menos- tortura nossos ouvidos. Nos parece uma eternidade ver aquele senhor de idade que não soma em nada para a televisão brasileira querer parecer o garotão descolado apresentando um programa chato e completamente inútil. Com um formato duvidoso, o programa não emplacou. Ah, e a piadinha de quebrar -segundo o programa, triturar- os videocassetes de clipes ruins não cola!

Então, eis a prova: aparelho de captação de ondas eletromagnéticas que converte-as em som e imagem nem sempre nos brinda com algo útil. [Leia-se: Gordoshop é um leesho]
Salve os sobreviventes que insistem em produzir algo interessante e inteligente. [Leia-se: Furo MTV é tudibão] \o

7 comentários:

Brux *-* disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Brux *-* disse...

uhasuahusi
MTV é trash!
eu mal assisto TV, só programas cult cm House ou programas com piadas de contação sexuais e humor negro como Two and a Half Men o//

'Baxinho disse...

Bléé, eu não estou criticando Two and a Half Men,*toca musiquinha da entrada* É que o post se trata, tecnicamente, da nova programação da MTV. E não, eu não suporto House /confused

Julie disse...

mtv é... mais um jeito de manipular os jovens com uma cabeça proto-desenvolvida, fazendo eles acharem que precisam consumir esse tipo de música pop ridícula - o que inclui músicas relativamente boas, que depois de passarem na mtv ficaram pop e ridículas, dica.

mas eu ainda gosto do que tu escreve.

'Baxinho disse...

tipo assim, eu não to falando da MTV em si, eu to falando do Furo MTV, dicaboa *:

Helô ;D disse...

o programa que ele fazia há um tempo atras, o gordo visita era até aceitavelzinho :p
mas esse programa novo dele é uma BOSTA :P
Outra que não to aguentando é a marimoon meldels muy shato o programa dela as vezes

'Baxinho disse...

éé, mas ele ainda faz gordo visita! eu gosto até, mas não por causa dele >.<

marimoon é muito 'sou uma minininha fútil e mimada, eu falo com essa vozinha fresca, me sinto a über otaku e eu pinto o cabelo e a sombrancelha da mesma cor excêntrica'( siiim!)